Últimas do mercado

22 Mai, 2024 23:18 · Empresas

Oncoclínicas projeta alavancagem financeira de 2,0x para 2024

A Oncoclínicas do Brasil, empresa do setor de saúde, divulgou uma projeção de alavancagem financeira para o final de 2024, estimando um índice de 2,0x de endividamento líquido sobre o EBITDA anualizado do quarto trimestre de 2024. A projeção, de acordo com a empresa, reflete o atual plano estratégico e financeiro, podendo sofrer alterações devido a mudanças de planos e fatores externos. A empresa se compromete a atualizar o formulário de referência com a projeção, conforme exigido pela regulamentação, e a manter o mercado informado sobre quaisquer atualizações relevantes.

22 Mai, 2024 22:57 · Empresas

Santos Brasil distribuirá R$ 94,2 milhões em proventos

A Santos Brasil Participações S.A. anunciou a distribuição de proventos no valor de R$ 94,2 milhões, equivalente a R$ 0,109039489 por ação. Desse montante, R$ 59,4 milhões correspondem a dividendos intermediários, com base no resultado do primeiro trimestre de 2024, e R$ 34,8 milhões a crédito de juros sobre o capital próprio. Os acionistas terão a posição acionária definida em 27 de maio de 2024, com início do pagamento em 14 de junho de 2024.

22 Mai, 2024 22:16 · Empresas

3R Petroleum arquiva acordo de acionistas

A 3R Petroleum Óleo e Gás S.A. comunicou a celebração do acordo de acionistas, em decorrência da incorporação de ações da Enauta Participações S.A. pela 3R. O acordo, arquivado na sede da companhia, estabelece que os acionistas signatários concordaram em votar favoravelmente à operação. O acordo de acionistas está disponível para consulta na sede da 3R e em seus canais de comunicação, bem como nos portais da CVM e da B3.

22 Mai, 2024 22:12 · Empresas

Oncoclínicas aprova aumento de capital de R$ 1,5 bilhão

A Oncoclínicas do Brasil, empresa do setor de serviços médicos, aprovou um aumento de capital de R$ 1,5 bilhão, por meio da emissão de 115 milhões de novas ações. Os investidores Quíron e Tessália se comprometeram a subscrever até R$ 1 bilhão, e o diretor Bruno Lemos Ferrari, a subscrever até R$ 500 milhões. Os recursos do aumento de capital serão destinados à redução da alavancagem financeira, melhora da posição de caixa e estratégia de crescimento. Os acionistas terão direito de preferência na subscrição, e o preço de emissão das novas ações foi fixado em R$ 13,00, com um prêmio de 89% em relação ao valor de mercado. Os FIPs Josephina e Josephina II cederam seus direitos de preferência aos investidores. Os acionistas da empresa terão até 26 de junho de 2024 para exercer o direito de preferência na subscrição das novas ações.

22 Mai, 2024 22:06 · Empresas

Enauta e 3R Petroleum celebram acordo de acionistas

A Enauta Participações S.A. informou a celebração de um acordo de acionistas em decorrência da transação de incorporação de ações da Enauta pela 3R Petroleum Óleo e Gás S.A. O acordo de acionistas, arquivado na sede da Enauta, prevê que os acionistas signatários votem a favor da incorporação de ações da Enauta pela 3R em futura assembleia de acionistas. O documento está disponível na sede da companhia, assim como nos websites da Enauta, da CVM e da B3.

22 Mai, 2024 18:45 · Empresas

Ânima Holding emite 5ª série de debêntures

A Ânima Holding S.A. anunciou a 5ª emissão de debêntures, no valor de R$ 200 milhões, com vencimento em 2029. As debêntures, não conversíveis em ações, terão remuneração correspondente à variação das taxas médias diárias dos DI, acrescida de sobretaxa. Os recursos obtidos serão destinados à amortização de dívidas e reforço de caixa. A emissão, destinada a investidores profissionais, será realizada no mercado primário e terá a remuneração paga semestralmente. A Ânima reafirma seu compromisso com a desalavancagem e a busca por alternativas de redução do custo de suas dívidas.

22 Mai, 2024 13:30 · Empresas

Petrobras encerra obrigação de alienação da TBG

A Petrobras informou que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) decidiu favoravelmente à renegociação do Termo de Compromisso de Cessação (TCC) do Gás, aprovada pelo Conselho de Administração da Companhia. A renegociação do TCC do Gás, celebrado em 2019, envolve a alienação de diversas sociedades, com a TBG sendo a única pendência. A Petrobras, em decorrência de significativas alterações no mercado de gás natural, reavaliou o modelo de negócios dos projetos de desinvestimento no segmento, culminando no encerramento da obrigação de alienação da TBG. A empresa e o CADE estabeleceram novos compromissos, incluindo salvaguardas adicionais ao processo de eleição de membros independentes ao Conselho de Administração da TBG e a garantia de independência da Diretoria Comercial em relação à Petrobras. O prazo de vigência das obrigações pactuadas no aditivo ao TCC do Gás é coincidente com a emissão de certificado de independência à TBG ou até 4 de março de 2039, conforme estabelecido na Nova Lei do Gás.

22 Mai, 2024 13:29 · Empresas

Petrobras renegocia termo de compromisso de cessação de prática

A Petrobras informou a renegociação do termo de compromisso de cessação de prática para o mercado de refino (TCC) celebrado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) em 2019. O TCC previa a alienação de 8 refinarias, em conformidade com a Resolução do Conselho Nacional de Política Energética. No entanto, a Petrobras vinha enfrentando obstáculos na execução dos processos de desinvestimento, o que levou a uma revisão do TCC. O novo acordo, aprovado pelo conselho de administração, estabelece novas obrigações, de natureza comportamental, e retira da carteira de desinvestimentos da Petrobras cinco ativos. O prazo de vigência das obrigações é de 3 anos, prorrogáveis por igual período, a critério do CADE.

22 Mai, 2024 09:42 · Empresas

Suzano esclarece oscilação atípica de ações

A Suzano S.A. emitiu esclarecimentos em resposta a questionamentos da B3 a respeito de oscilações atípicas em suas ações. A empresa atribui as oscilações a notícias veiculadas na mídia sobre uma potencial operação envolvendo a Suzano e a International Paper Company. A empresa ressaltou que, embora haja interesse nos ativos da International Paper, não há, até o momento, nenhum acordo ou decisão que atenda aos critérios de materialidade para configuração de fato relevante. A divulgação do esclarecimento reafirma o compromisso da empresa em manter o mercado informado.

21 Mai, 2024 23:39 · Empresas

Hapvida divulga resultados trimestrais auditados

A Hapvida Participações e Investimentos S.A. divulgou, de acordo com as normas vigentes, o formulário de informações trimestrais referente ao primeiro trimestre de 2024. O documento, devidamente auditado, inclui o padrão de contratos de seguro de acordo com o IFRS 17 - CPC 50. A divulgação, disponível no site de relações com investidores e no sistema da CVM, atende às exigências de transparência e prestação de contas da companhia.