A Petrobras anunciou, por meio de fato relevante, a aprovação do pagamento de dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) intercalares no valor de R$ 13,45 bilhões, correspondente a R$ 1,04161205 por ação ordinária e preferencial em circulação, como antecipação da remuneração aos acionistas do exercício de 2024. A distribuição, alinhada à Política de Remuneração aos Acionistas, será de 45% do fluxo de caixa livre, em conformidade com o nível de endividamento da companhia. Os dividendos e JCP, no valor de R$ 1,04161205 por ação, serão pagos em duas parcelas, em agosto e setembro de 2024, com a data de corte em 11 de junho de 2024. Os proventos serão abatidos da remuneração a ser aprovada na Assembleia Geral Ordinária de 2025, com reajuste pela taxa Selic. A Política de Remuneração aos Acionistas está disponível no site da companhia.