A Azul S.A. anunciou a aprovação de um plano de recompra de ações preferenciais de emissão da companhia, com a aquisição de até 1.300.000 ações. O plano tem o objetivo de atender a parte das obrigações da companhia nos planos de outorga de ações restritas em vigor, destinando as ações preferenciais adquiridas à outorga a executivos. A aquisição, a ser realizada em até 18 meses, não terá impacto na composição do controle acionário ou na estrutura administrativa da Azul. A operação será suportada pela reserva de capital da companhia, com a possibilidade de utilização do saldo de lucros acumulados. A recompra de ações não prejudicará o cumprimento de obrigações com credores nem o pagamento de dividendos obrigatórios.